Agende uma consultaFale conosco pelo WhatsApp

Laparoscopia pode ser usada no diagnóstico da criptorquidia

Laparoscopia pode ser usada no diagnóstico da criptorquidia
Imagem meramente ilustrativa (Banco de imagens: Shutterstock)

Laparoscopia pode ser usada no diagnóstico da criptorquidia

22 maio, 2018

Durante a gestação, os testículos, que são desenvolvidos dentro do abdômen do bebê, devem se deslocar para o interior do escroto, passando pelo canal inguinal.

A criptorquidia acontece quando um ou os dois testículos não chegam a alcançar o escroto, ficando fora do seu local correto. No entanto, não se sabe ao certo todas as alterações envolvidas nesse problema.

Quando um menino nasce, é essencial avaliar se os testículos estão no local correto!

Caso não estejam dentro da bolsa testicular, é preciso observar o paciente até os 6 meses, pois podem se posicionar normalmente durante esse período.

Se o testículo não for palpado na região escrotal e nem na inguinal por meio do exame físico ou exame de ultrassom, a melhor opção para o diagnóstico da criptorquidia é a laparoscopia diagnóstica. Nesse exame inserimos uma pequena câmera na cavidade abdominal, possibilitando que os testículos sejam encontrados. Além disso, caso consigamos encontrar os testículos, já podemos realizar o tratamento no mesmo tempo!

A laparoscopia diagnóstica é um procedimento minimamente invasivo e muito eficiente.

Dr. Rafael F. Locali | Urologista Infantil | CRM 133874

É isso.
Sua saúde é preciosa e deve ser bem cuidada! Essa consciência é importante para que você esteja bem para desfrutar momentos felizes ao redor das pessoas que ama. Por isso, sempre procure um profissional capacitado para atendê-lo integralmente. As informações neste site pretendem apoiar e não substituir a consulta médica. Procure sempre uma avaliação pessoal com um médico da sua confiança. Não tenho conflitos de interesse a declarar.

Dr. Rafal Locali
Dr. Rafael Fagionato Locali
Urologista
CRM 133874
Logo Dr. Rafael Locali

planeta_22 planeta_11 planeta_22 planeta_11 menino_footer_blog_interno