Atendimento Vila Mariana

Agende uma consultaFale conosco pelo WhatsApp

Banho de assento para infecção urinária: esse método funciona?

Criança fazendo banho de assento e sorrindo.
Imagem meramente ilustrativa (Banco de imagens: Shutterstock)

Banho de assento para infecção urinária: esse método funciona?

7 julho, 2022

Geralmente, feito em bidês na Europa e nos EUA e, no Brasil, em pequenas banheiras, a prática ainda é alvo de dúvidas

O banho de assento para infecção urinária é eficaz e, em especial, para crianças? E para adolescentes do gênero feminino e mulheres adultas, ele é útil? Ou trata-se apenas de uma ação sem base científica, criada talvez no século XIX e reproduzida por nossas avós e bisavós?

Antes de responder a tais questões sobre o banho de assento para infecção urinária, convém compreender o que é uma infecção urinária. Trata-se, em síntese, de qualquer infecção causada por micro-organismos que atinjam o trato urinário.

A depender da estrutura afetada, a infecção urinária tem denominações diversas:

  • Cistite (se acomete a bexiga);
  • Uretrite (se acomete a uretra);
  • Pielonefrite (quando acomete os rins).

A bactéria Escherichia Coli é a que mais frequentemente provoca infecção do trato urinário. No entanto, existem muitas outras que podem ser a origem dessa doença. Em geral, são bactérias habitualmente presentes no trato gastrointestinal, que acabam por provocar infecção quando alcançam o trato urinário.

Crianças e mulheres são quem mais sofrem com infecções urinárias. Uma infecção urinária costuma causar os seguintes sintomas:

  • Febre;
  • Necessidade urgente de urinar, a qual ocorre com frequência;
  • Pouca eliminação de urina a cada micção;
  • Ardência no ato de urinar;
  • Dores na bexiga, nas costas e no baixo ventre;
  • Em casos mais graves, presença de sangue na urina.

É interessante que todos nós temos o nosso períneo colonizado por todas as bactérias que podem provocar infecção de urina. Isso ocorre por conta da proximidade do ânus com a região.

Dessa forma – em especial, nas meninas e mulheres –, essas bactérias podem provocar corrimentos vaginais ou mesmo ascender pela uretra (que é mais curta e bem mais próxima do períneo quando comparado com a dos meninos e homens) e provocar a infecção.

Por isso, muitas vezes podemos utilizar soluções “caseiras” para ajudar a prevenir ou mesmo aliviar os sintomas de infecção de urina. No tópico a seguir, vamos conhecer mais sobre o tema principal deste texto: o banho de assento para infecção urinária.

O que é banho de assento para infecção urinária?

A prática do banho de assento é antiga (e saiba desde já: funciona). Dentro de determinados limites, ela, de fato, ajuda a conter infecções urinárias, por exemplo.

O banho de assento para infecção urinária consiste em encher uma bacia com água morna ou fria, e nela permanecer sentado por um período de 5 a 10 minutos.

Uma curiosidade: em casas e apartamentos brasileiros mais antigos, era relativamente comum encontrar os chamados bidês, geralmente ao lado do vaso sanitário. Os bidês tinham por função promover a higiene íntima dos habitantes do local, bem como o uso para banhos de assento de infecção urinária.

Já há décadas não se colocam mais bidês nas residências construídas no Brasil, mas em vários países da Europa e nos EUA eles ainda são usados até os dias atuais.

Banho de assento para infecção urinária: esse método funciona?

Sim, funciona. Ao higienizar a região perineal e vulvar das meninas e mulheres (as principais vítimas das infecções urinárias), banhos de assento atuam como coadjuvantes na profilaxia e no controle dos sintomas da infecção do trato urinário – em especial, se existe concomitância de sintomas ginecológicos, como o corrimento vaginal.

Como fazer banho de assento para infecção urinária, para profilaxia ou alívio dos sintomas?

Não é difícil preparar um banho de assento para infecção urinária. O processo também é rápido.

Veja como fazê-lo:

  • Sempre use água limpa e fervida;
  • Aqueça uma quantidade de água suficiente para cobrir o períneo e a vulva;
  • Pode-se adicionar camomila, sândalo ou benzidamina;
  • Deixe o líquido esfriar um pouco e, quando a água estiver morna, coloque o conteúdo em uma bacia, de forma que o líquido cubra sua parte íntima por alguns minutos;
  • Permaneça de 5 a 10 minutos;
  • Saia do banho de assento e enxugue a região com uma toalha macia.

Alertas e Contraindicações

Antes do banho de assento para infecção urinária é importante que se faça uma lavagem vigorosa da banheira que será usada. Convém, também, que não se fique por tempo demais no banho de assento.

Como tratar infecção urinária em crianças?

Banhos de assento para infecção urinária podem ajudar a aliviar sintomas dos quadros infecciosos em crianças e ajudar na profilaxia, especialmente nas meninas com corrimento vaginal associado – mas nada jamais será tão eficiente para tanto quanto uma consulta e/ou um tratamento com um urologista infantil.

Estes profissionais, formados em medicina e especializados no trato com crianças, são os mais habilitados para ajudarem a sua filha ou o seu filho que, porventura, apresentem esse problema de saúde, e eles podem indicar a necessidade ou não do banho de assento para infecção urinária.

Tire mais dúvidas ou marque sua consulta para tratar a infecção urinária com o Urologista Dr. Rafael Localihttps://drrafaellocali.com.br/contato/.

 

Fontes:

Sociedade Brasileira de Infectologia – SBI

SBN

Dr. Rafal Locali
Dr. Rafael Fagionato Locali
Urologista
CRM 133874
Logo Dr. Rafael Locali

planeta_22 planeta_11 planeta_22 planeta_11 menino_footer_blog_interno